Dieta Paleolítica – A salvação da Humanidade Leave a comment

Dieta Paleolítica ou Dieta da Idade da Pedra é conhecida assim, pois os alimentos utilizados por nossos ancestrais é muito semelhante aos alimentos utilizados nesse estilo de dieta que está sendo um sucesso entre diversas pessoas. Vamos começar…

Vou começar esse artigo de uma forma diferente. No lugar de introduzir o assunto, eu já vou dar logo um resumão da Dieta Paleo: Exclua todos os alimentos embutidos e industrializados da sua vida. É isso mesmo, a paleolítica prega a alimentação mais natural possível. Mas nós vamos explicar isso melhor neste artigo, continue acompanhando.

CADASTRE-SE para receber um livro digital com receitas totalmente GRÁTIS.

Dieta Paleolítica

A dieta paleolítica está sendo adotada por várias pessoas que buscam emagrecer ou apenas cuidar da saúde. Essa dieta consiste em comer todas as comidas da forma que elas vieram ao mundo, ou o mais próximo disso possível. A base dessa alimentação são as verduras e legumes, seguidas da carne. Todos esses alimentos devem ser o mais fresco e natural possível, e quanto menos vestígios de ‘industria’, melhor. Ou seja, evitar todos os tipos de industrializados, pratos prontos, embutidos, frios, e afins.

A dieta paleolítica prega a alimentação do homem das cavernas. Ela propõe a alimentação de nossos ancestrais, ou seja, o cardápio dessa dieta permite comer “bicho e planta”. Essa alimentação foi moldada para o organismo humano a milhões de anos.

A dieta paleolítica foi criada com a ideia de que doenças comuns hoje, como obesidade, problemas do coração, distúrbios mentais e diabetes, são respostas do corpo à ingestão excessiva de alimentos processados, açúcares e carboidratos.

Por que a dieta paleolítica emagrece

A dieta paleolítica diminui o peso por causa da redução do consumo de carboidratos. Os carboidratos como arroz, massas e pães são digeridos no estômago rapidamente. Isso aumenta os níveis de glicose na corrente sanguínea e a glicose pode ser metabolizada e transformada em gordura, levando ao acúmulo no tecido adiposo.

Os carboidratos refinados são excluídos da dieta paleolítica, contribuindo para o emagrecimento. Essa dieta elimina completamente o consumo de alimentos industrializados, com glúten ou lactose, porque o consumo destes alimentos está associado ao ganho de peso.

Como funciona a dieta paleolítica

  • Carne à vontade – Na dieta paleolítica é permitido comer carne à vontade. A carne de todos os tipos de animais era a base da alimentação na era paleolítica. As carnes são fontes ricas em proteínas, que são macronutrientes de muita importância na alimentação. Ela faz parte da composição muscular e recuperação dos tecidos.A carne é um substrato para a formação dos hormônios, anticorpos, enzimas e outros agentes metabólicos. Nela podemos encontrar as maiores quantidades de aminoácidos essenciais, que são aqueles que não produzimos naturalmente.
  • Nada de massas e grãos – Como não existiam na era paleolítica, as massas e os grãos estão fora da dieta. As fontes de carboidratos da dieta paleolítica são as frutas, verduras e legumes.
  • Coma frutas e vegetais – Na dieta paleolítica é indicado ingerir à vontade frutas e vegetais, isso é bom, inclusive para equilibrar a ingestão de carnes. Tenha cuidado para não abusar.
  • Beba somente água – Na dieta paleolítica o único líquido que é permitido é a água. Somente esse líquido já é o suficiente para hidratar o organismo e o corpo.
  • Evitar alimentos industrializados – A grande maioria dos alimentos industrializados possuem carboidratos refinados como açúcar branco e farinha. Esses alimentos são proibidos porque são ingeridos rapidamente ocasionando o acúmulo de gorduras. Além disso, os alimentos industrializados possuem muito estabilizantes, conservantes e corantes que contaminam o corpo e podem causar alergias.
  • Fazer jejum de vez em quando – A dieta paleolítica incentiva o jejum.

Dieta paleo antes e depois:

A dieta paleo, assim como o jejum intermitente,  pode ser usada para perda de peso, ganho de massa magra, ou somente para manutenção da saúde e desintoxicação do corpo. A foto a seguir foram os resultados que eu obtive aliando Paleo, Low Carb e Jejum Intermitente. Para saber mais veja o post: Relatos – Jejum Intermitente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *