polivitaminico

Polivitamínicos – O que é ? Quais os benefícios e muito mais Leave a comment

Polivitamínicos – Tudo sobre esse poderoso suplemento

Polivitamínicos. Hoje vamos falar de um suplemento não muito famoso entre os praticantes de musculação. Entretanto, fundamental para o desenvolvimento e manutenção de um corpo saudável. Então, se você quer ter qualidade de vida não deixe de ler esse artigo até o final e quem sabe comprar um polivitamínico com um preço muito especial. Você aprenderá os seguintes tópicos:

  1. O que são polivitamínicos ?
  2. Polivitamínico engorda
  3. Polivitamínico auxilia no emagrecimento?
  4. Quais os efeitos colaterais dos polivitamínicos?
  5. Por que usar polivitamínicos.
  6. Quais as principais marcas de polivitamínicos?
  7. Polivitamínicos aumentam a imunidade?
  8. Os principais benefícios do consumo de polivitamínicos
  9. Como tomar polivitamínicos.
  10. Polivitamínico é bom para quem malha?
  11. Polivitamínico funciona?
  12. Qual o melhor polivitamínico?
  13. Onde comprar polivitamínico barato?
  14. Polivitamínicos fazem mal?
  15. Polivitamínicos para mulheres
  16. Qual o preço médio de um polivitamínico?
  17. Polivitamínicos para idosos:
  18. Quando tomar polivitamínicos.
  19. Considerações finais sobre os polivitamínicos

O que são polivitamínicos.

O termo “vitamina” se refere a moléculas orgânicas que são nutrientes derivados de compostos químicos vitais para o bom funcionamento do organismo e que ajudam na metabolização, na construção de tecidos, bem como em diversos processos importantes para a manutenção da saúde do corpo humano. O prefixo “poli” dá a noção de quantidade, grande número, variedade, diversidade. Consequentemente, os polivitamínicos são preparações compostas por várias classes de vitaminas destinadas a funcionarem como suplementos alimentares. Esses podem ser encontrados na forma de comprimidos, cápsulas, pastilhas, em pó, líquidos e até mesmo em formulações injetáveis. De acordo com a ONU, esse tipo de nutracêutico é reconhecido como uma categoria de suplemento alimentar que geralmente conta com minerais em sua formulação, além das vitaminas.

Nos Estados Unidos, um polivitamínico é definido como um suplemento que contenha 3 ou mais vitaminas além de minerais. Não devendo conter ervas medicinais, hormônios ou compostos medicamentosos. Além disso, de acordo com as recomendações da FDA (Food and Drug Administration – órgão responsável pelo controle alimentício e de medicamentos nos EUA, bem como pela liberação das substâncias para venda e comercialização) as doses vitamínicas e minerais devem ser fornecidas abaixo do limite tolerável indicado para uso humano de forma a não apresentarem riscos à saúde.

Polivitamínico engorda?

A ingestão de polivitamínicos fará seu corpo obter todos os nutrientes necessários para o funcionamento metabólico e vital adequado do organismo. Dessa forma, poderá ocorrer dois tipos de impactos sobre o peso. Pode exercer influência sobre seu apetite, por exemplo, uma ingestão adequada de vitamina B6; que é associada com a produção de serotonina poderá facilitar a sensação de saciedade e fazer sua vontade de comer diminuir. Por outro lado, algumas pessoas culpam a ingestão de polivitamínicos pelo aumento de peso porque ignoram o fato de que uma mudança geral nos hábitos alimentares será também necessária.

Suponhamos que você decida tomar polivitamínicos porque não está comendo de forma saudável e tem um estilo de vida sedentário ingerindo mais calorias do que gasta em atividades cotidianas; não poderá culpar o uso do nutracêutico pelo ganho de peso. As vitaminas entram como componentes essenciais para a produção de energia pelo corpo humano, porém não geram acúmulo de gordura.

Polivitamínico auxilia no emagrecimento?

O emagrecimento não é algo tão simples quanto o ato de abrir um frasco e tomar um comprimido. Cientificamente não há evidências de que os polivitamínicos por si mesmos farão você perder peso e queimar gorduras sem uma combinação de fatores, como um estilo de vida ativo e alimentação balanceada. Porém, pode-se dizer que juntamente com a mudança de hábitos alimentares e a prática de exercícios físicos, o uso desses suplementos auxiliará nas funções metabólicas e será um coadjuvante para o objetivo de “paz com a balança”.

Por exemplo, há pesquisas que indicam uma relação entre obesidade e deficiência de vitamina B. De acordo com um estudo publicado no International Journey of Obesity a vitamina D também tem um papel fundamental na regulação da massa de gordura no organismo e a falta desse nutriente poderá contribuir para o ganho de peso e uma consequente obesidade.

Além disso, o aumento da ingestão de vitamina C poderá lhe ajudar a perder 30% a mais de gordura durante exercícios de intensidade moderada. Outro estudo ligado à vitamina C (um artigo publicado em 2005 pelo American College of Nutrition) indica que pessoas que levantam peso ou malham têm a tendência de terem níveis mais baixos de vitamina C. Pessoas adultas precisam da ingestão de 75 a 90 miligramas dessa vitamina por dia. Considerando esses exemplos, para emagrecer será necessária uma combinação de fatores, porém se ingeridos da forma correta e em condições indicáveis, os polivitamínicos poderão auxiliar SIM na perda de peso.

Quais os efeitos colaterais dos polivitamínicos?

Pelo fato de serem considerados “suplemento alimentar”, os nutracêuticos são seguros para consumo sem a necessidade de receita médica. Porém há uma ínfima possibilidade de aparecimento de efeitos colaterais. Em ocasiões raras podem ocorrer sintomas gastrointestinais como desconforto abdominal, constipação, náusea, vômito ou diarreia. Há outros efeitos colaterais que são extremamente raros e estão ligados a reações alérgicas fortes a algum componente da fórmula. Os sintomas dessas reações podem incluir urticária, eritema (vermelhidão na pele) ou erupções cutâneas.

Caso ocorra uma reação alérgica deve-se procurar um médico. Além disso, há o risco de ocorrência de hipervitaminose podendo causar reações adversas após longo prazo de uso; pois dependerá de um acúmulo excessivo de determinada vitamina no organismo. São especificamente algumas vitaminas que precisam de mais atenção: as denominadas de lipossolúveis. As vitaminas A, D, E e K podem se acumular no fígado e causarem cálculo renal entre outros problemas ligados à intoxicação por excesso de vitaminas, por isso o uso deve ser nas doses recomendadas.

Por que usar polivitamínicos.

Nós conseguimos consumir vários nutrientes a partir dos alimentos que comemos, esses são advindos de frutas e vegetais e são especialmente benéficos. Quando não consumimos uma quantidade suficiente de frutas e vegetais na dieta cotidiana, acabamos não obtendo vitaminas e minerais essenciais para o bom funcionamento de nosso organismo. De acordo com o Centro de Prevenção de Doenças na Geórgia (EUA), um ser humano adulto deve consumir de 1,5 a 2 xícaras de vegetais diariamente. Porém, em um estudo publicado pela mesma instituição, constatou-se que 76% dos adultos não consomem quantidades suficientes de alimentos de origem vegetal.

O uso de polivitamínicos é uma forma de suplementar essa deficiência em nossa dieta pós-moderna para garantir que o corpo receba diariamente a quantidade necessária de vitaminas e sais minerais para ter as condições ideais à boa saúde. Além disso, entre os principais motivos para o consumo diário de polivitamínicos podemos enumerar mais alguns, como a melhora da qualidade de vida durante o processo de envelhecimento; o aumento da saúde cardiovascular também está ligado ao consumo de polivitamínicos de alta qualidade, a redução do risco de câncer, a melhoria da imunidade, cabelos e unhas mais saudáveis além de uma sensação de bem-estar geral e energização.

Quais as principais marcas de polivitamínicos?

Há marcas bem conhecidas no mercado nacional, como os polivitamínicos Centrum, Lavitan ou Pharmaton que podem facilmente ser encontrados nas farmácias.Polivitamínicos Max Titanium

Há também as linhas mais específicas para praticantes de atividades esportivas e musculação como as de polivitamínicos da Atlhetica Nutrition, da Cellucor, da Dymatize e da Power Supplements. São inúmeras as marcas e categorias. Dentre todas as marcas nacionais, o polivitamínico Multimax Complex da Max Titanium especificamente formulado para atletas que desejam melhorar o desempenho ao mesmo tempo em que suprem suas necessidades de vitaminas e sais minerais é o de mais alta qualidade, além de oferecer excelente relação custo benefício.

O Multimax Complex foi especialmente produzido para praticantes de atividades esportivas com matérias-primas de alta qualidade, para possibilitar além de alto desempenho, também uma rápida recuperação muscular pós-treino, mais energia, resistência e longevidade. Também é ótimo para a saúde da mente pois sua formulação contém micronutrientes que auxiliarão nos processos fisiológicos e na manutenção das funções metabólicas ideais para um bom funcionamento do sistema nervoso central. A formulação conta com compostos como o ácido pantogênico e a vitamina B6, além de todos os outros micronutrientes em doses diárias ideais para a manutenção da saúde.

Tenha os benefícios de uma mente e de um corpo saudáveis com o melhor e mais completo polivitamínico do mercado: Multimax Complex. Comprar Polivitamínico

Fica a seguir algumas opções do melhores polivitamínicos para você:

Polivitamínicos aumentam a imunidade?

Há determinadas vitaminas que ajudam o sistema imunológico a combaterem doenças, causadas por vírus ou bactérias. Todos os dias, em nossa vida cotidiana, ficamos expostos a fungos, bactérias, vírus e outros agentes patogênicos que podem nos fazer adoecer caso o sistema imunológico de nosso organismo esteja enfraquecido; causando gripes, infecções e até mesmo doenças mais graves como o câncer. Há estudos recentemente publicados que ligam o aparecimento do câncer com uma queda na capacidade do sistema imunológico de combater as células anormais produzidas pelo próprio corpo.

Há também vírus que estão ligados ao aparecimento dessa doença, como o HPV que é responsável pelo aparecimento de câncer do colo do útero ou o vírus da hepatite B relacionado ao câncer de fígado. Portanto, ter um sistema imunológico forte é extremamente importante no combate ao estresse físico ou contra fatores ambientais que nos exponham a agentes patogênicos ou ao estresse emocional (que também está ligado ao aparecimento de doenças).

Os nutrientes mais relacionados ao sistema imunológico humano são a vitamina C, principal responsável pelo fortalecimento do sistema imunológico, a vitamina B6 que é fundamental no apoio às reações bioquímicas para a imunidade do corpo e a vitamina E, antioxidante poderoso no combate a infecções. A formulação do Multimax Complex tem 45 mg de vitamina C por comprimido, 100% da necessidade diária recomendada; também conta com 1,3 mg de vitamina B6 e 10 mg de vitamina E. São dosagens excelentes e nutrientes ideais para o uso diário e contínuo que podem auxiliar no aumento da imunidade; e consequentemente na prevenção de doenças.

Os principais benefícios do consumo de polivitamínicos

De acordo com o site Live Strong, a ingestão de polivitamínicos diariamente pode auxiliar na recuperação rápida do organismo, por exemplo, para atletas que precisem ter um alto desempenho. Também poderá auxiliar na suplementação da dieta de pessoas que restringem o consumo de proteína animal como vegetarianos e veganos. A suplementação é considerada ideal para mulheres grávidas, que necessitam de um suporte nutricional sendo essencial para manutenção da saúde da mãe e do bebê.

A ingestão diária de nutracêuticos também beneficia estudantes que precisam de desempenho cognitivo superior, além disso, melhora os níveis de energia geral em pessoas idosas. O consumo de vitaminas em doses recomendadas por especialistas da área da nutrição e da medicina poderá beneficiar os mais variados grupos de pessoas e se adequar a diversas necessidades específicas.

Como tomar polivitamínicos.

Há diversos tipos no mercado como as versões em comprimidos ou cápsulas, além de versões líquidas e até injetáveis. O ideal é que sejam tomados de acordo com as indicações do fabricante e nas doses recomendadas. O consumo de dosagens diárias além das recomendadas não é recomendado pois há um risco de desenvolvimento de intoxicação por hipervitaminose.

A hipervitaminose é uma intoxicação causada pelo uso de doses excessivas de suplementos vitamínicos, geralmente envolvendo as vitaminas A, B12 e D. Os quadros de hipervitaminose causados por vitamina A podem gerar sintomas na pele, dores ósseas e nas articulações, cefaleia, tonturas, perda de apetite, sensação de cansaço e sangramentos. No caso da vitamina B12, pode causar vasodilatação periférica, queda na frequência respiratória, convulsões e até mesmo a paralisia do centro respiratório em doses excessivamente altas. Na hipervitaminose por vitamina D, os sintomas começarão a aparecer após vários meses de uso excessivo, gerando danos ósseos e fragilidade em tecidos, perda de cálcio para a corrente sanguínea entre outros sintomas ligados a um desequilíbrio do cálcio nos ossos e no sistema circulatório.

Por isso, sempre faça o uso de polivitamínicos de acordo com as doses recomendadas pelo fabricante e pelos órgãos de vigilância de saúde. As cápsulas e comprimidos vêm com doses seguras e ideais para que o uso seja feito de forma a promover a saúde e não causar danos ao organismo, sendo um suplemento alimentar excelente e de alta qualidade.

Polivitamínico é bom para quem malha?

As vitaminas são fundamentais para a transformação dos alimentos em energia e para as funções de recuperação muscular para quem pratica atividades físicas pesadas pois são catalisadoras desses processos metabólicos. Os institutos de medicina no mundo não fazem nenhuma recomendação específica para os atletas, porém, sabe-se que a carência da quantidade ideal de vitaminas e minerais para quem pratica esse tipo de atividade fará o desempenho do atleta cair. Por exemplo, a niacina apoia tanto o desempenho aeróbico quanto o anaeróbico em pessoas que praticam exercícios em academias, já a vitamina B6 está envolvida em cerca de 100 reações metabólicas do corpo, incluindo a produção de energia e hemoglobina; a vitamina B12 é fundamental para o fornecimento de oxigênio para os tecidos. A partir desses exemplos conseguimos entender o papel coadjuvante que a ingestão de polivitamínicos tem para quem costuma malhar ou para atletas profissionais.

Polivitamínico funciona?

Determinar se os polivitamínicos funcionam ou não, seria como esperar que esses comprimidos fossem como pílulas milagrosas capazes de curar algum tipo de doença. O ideal é pensar na suplementação vitamínica em combinação com uma dieta balanceada e com exercícios físicos; além disso, adequar o tipo de polivitamínico às suas necessidades específicas. Por exemplo, há polivitamínicos que contêm porcentagens mais adequadas a mulheres na idade da menopausa, outros são ideais para os praticantes de esportes ou atividades físicas regulares, há ainda aqueles que são balanceados para idosos.

Há 13 vitaminas e 16 minerais que são essenciais para a saúde, mas as formulações de determinados polivitamínicos variarão de acordo com fins específicos. É importante lembrar que o uso continuado será um fator determinante no auxílio das funções orgânicas.

Qual o melhor polivitamínico?

Há uma variedade de suplementos vitamínicos no mercado, com suas formulações e indicações específicas. Porém, o suplemento Multimax Complex é o mais completo e mais indicado para atletas e praticantes de atividades físicas. Não somente porque tem em sua formulação compostos de alta qualidade fabricados com os mais altos padrões da indústria, o custo-benefício também é um fator a ser levado em conta quando se trata de escolher o melhor.

O Multimax Complex, além de ter um excelente custo-benefício, é altamente seguro sendo indicado pelos maiores especialistas em nutrição do mercado. É um produto nacional que não perde em nada para as melhores marcas internacionais, estando em patamar de igualdade com os padrões de excelência e segurança de uso da FDA. A formulação mais completa, os ingredientes de mais alta qualidade do mercado e a garantia de procedência o fazem o polivitamínico mais reconhecido pela qualidade, razão custo-benefício e segurança do Brasil.

Multimax Complex não é somente um polivitamínico, é a garantia de que você estará comprando um produto que será um investimento para sua longevidade e bem-estar.

Onde comprar polivitamínico barato?

A loja virtual NextFit está com promoções e descontos imperdíveis! Essa loja conta com um site seguro e um sistema simples de navegar, você poderá comprar as melhores marcas de nutracêuticos e suplementos do mercado, com segurança de procedência e envio.

A loja aceita todos os tipos de cartões, pagamentos via boleto bancário ou depósito em conta e parcelamento via cartão de crédito com os preços mais baratos do mercado. Compre polivitamínicos baratos na NextFit hoje! Clique aqui para navegar na loja.

Polivitamínicos fazem mal?

Não há indícios de que o uso cotidiano de polivitamínicos faça mal à saúde caso esses suplementos sejam tomados nas dosagens indicadas pelo fabricante e o uso seja de acordo com as instruções. O consumo é considerado seguro e a venda é liberada em farmácias e lojas especializadas em suplementos alimentares sem a necessidade de receita médica. O risco ocorre no caso de ingestão de doses diárias excessivas, pois isso poderá causar hipervitaminose e todas as consequências ao organismo ligadas a esse tipo de intoxicação.

Polivitamínicos para mulheres

Há polivitamínicos especificamente formulados para as mulheres que levam em consideração suas necessidades específicas. Esses podem conter, por exemplo, o ácido fólico e o ferro que são importantes para a regulação da pressão arterial e prevenção de anemias, vitaminas do complexo B que auxiliam a regulação do metabolismo e melhoram a energia, além de fortalecerem as unhas e cabelos. Também contêm vitamina C para ajudarem no fortalecimento do sistema imunológico, biotina e zinco, bem como o selênio que são elementos importantes para a beleza da pele, dos cabelos e das unhas.

As vitaminas antioxidantes E e C, além do zinco e do cobre contribuem para a proteção das células e prevenção do envelhecimento precoce. Geralmente, as mulheres também precisam de mais cálcio do que os homens para evitar a osteoporose pois há uma prevalência maior nelas do que nos homens; três entre quatro pacientes tratados por essa doença são do sexo feminino pós-menopausa.

Qual o preço médio de um polivitamínico?

Há uma variedade de preços de polivitamínicos no mercado, as versões nacionais geralmente têm preços mais econômicos enquanto as marcas importadas; por conta de uma série de fatores ligados à economia e até questões de importação em nosso país podem apresentar preços elevados. Ao escolher o polivitamínico mais adequado, deve-se levar em conta que um produto com preço muito alto que não ofereça uma diferença qualitativa com relação a outros similares pode não ser a melhor escolha. Por outro lado, caso você escolha as opções mais baratas deve-se atentar para a qualidade das matérias-primas, ou seja, será necessário pesquisar se a produção é realmente feita dentro dos padrões de qualidade e segurança exigidos.

Na loja NextFit você encontrará as melhores marcas com uma excelente relação custo versus benefício para fazer a escolha mais adequada às suas necessidades. Lembre-se de que é um investimento a longo prazo; pois será um nutracêutico de uso diário e contínuo em função da melhoria do desempenho físico e da saúde geral, portanto, escolha polivitamínicos nacionais ou importados que tenham garantia de procedência e de qualidade. Leia a bula, compare preços e veja as indicações específicas para comprar polivitamínicos adequados às suas necessidades e com preços que caibam no seu bolso.

Polivitamínicos para idosos

Polivitamínicos para idosos

São consideradas idosas as pessoas com mais de 60 anos, assim as formulações de polivitamínicos podem ser específicas para essa faixa etária e a indicação constará nos rótulos dos produtos.

Pela prevalência de determinadas carências de vitaminas e sais minerais mais comuns nessa faixa de idade é que se define o tipo de suplementação. Por exemplo, um polivitamínico formulado para uma pessoa idosa poderá ter maiores concentrações de vitamina D e de cálcio para prevenção de doenças como a osteoporose; que é o enfraquecimento dos ossos causado pela falta de cálcio ou absorção insuficiente desse nutriente pelo organismo durante a velhice.

A vitamina B12 também é mais escassa nos idosos, sendo um componente essencial para o DNA e consequentemente fundamental para a produção celular do corpo humano; isso a torna importante na prevenção do câncer. As formulações de polivitamínicos específicas para idosos levam em consideração essas necessidades mais identificadas com a prevenção de doenças comuns desse grupo etário e às suas demandas específicas.

Quando tomar polivitamínicos.

Dentro das doses recomendáveis pelos fabricantes e especialistas, não há contraindicações para o uso desse tipo de suplemento. Porém, deve-se observar a indicação de dosagem; geralmente de um a dois comprimidos ingeridos por dia, e não tomar uma quantidade diariamente além da recomendada para não correr o risco de intoxicação por hipervitaminose.

Também há estudos e pesquisas que apontam que os polivitamínicos são absorvidos com maior eficiência durante as refeições, principalmente no horário do almoço quando o organismo está no ápice da atividade. Acredita-se que a possibilidade de absorção dos nutrientes oferecidos nos comprimidos durante esse horário será otimizada, além de permitir a metabolização dos componentes da fórmula com mais eficácia.

  

Considerações finais sobre os  polivitamínicos

Como vocês conseguiram perceber  polivitamínicos podem fazer toda a diferença na vida de uma pessoa. Pois, assim fornecemos todas as vitaminas que o seu organismo precisa para se desenvolver de forma saudável. Então, não perca tempo economize dinheiro e ganhe mais vitalidade compre seu polivitaminico em nossa loja agora mesmo. Clique Aqui.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *