Vitamina D e seus benefícios Leave a comment

O que é?

A vitamina D, também conhecida como colecalciferol, é produzida pelo organismo humano. O principal meio de obtê-la é se expondo ao sol. Ela é responsável pelos níveis de cálcio tanto no sangue quanto nos ossos. Além disso, controla mais de duzentos e cinquenta genes do nosso corpo.

 

Principais benefícios da vitamina D

Dentre os benefícios da vitamina D estão:

  • Estimula a saúde dos ossos: é por causa da vitamina D que os ossos absorvem o cálcio. Para que você tenha uma ideia da importância dessa vitamina, o cálcio que existe nos alimentos que ingerimos pode se perder em mais de vinte e cinco por cento, se as taxas de vitamina D do organismo estiverem inadequadas.
  • Auxilia no bom funcionamento do coração: quando os níveis de vitamina D estão adequados, o coração funciona melhor. Isso porque o cálcio não se acumula nas paredes dos vasos sanguíneos e o músculo que bombeia o sangue se contrai de forma adequada.
  • Torna os músculos mais fortes: em idosos, estima-se que a correta ingestão dessa vitamina possa evitar quase vinte por cento das quedas. Isso porque a vitamina D fortalece os músculos, especialmente na terceira idade, quando é comum que eles estejam mais fracos.

Alimentos que contêm a vitamina D

Os principais alimentos fonte de vitamina D são os peixes mais gordos, como, por exemplo, o salmão, a sardinha e o atum. O óleo de peixe e o ovo, especialmente a sua gema também são alimentos fonte de vitamina D.

É importante ressaltar que apenas dez por cento da vitamina D que o organismo produz tem como fonte a alimentação. Ou seja, noventa por cento do que é produzido pelo corpo é fruto da exposição ao sol.

Que problemas de saúde podem ser ocasionados pela deficiência de vitamina D?

Vários são os problemas de saúde que podem surgir devido à deficiência de vitamina D no organismo. Nas crianças, raquitismo. Nos idosos, osteoporose. Doenças do coração também podem ter mais facilidade para ocorrer houver deficiência de vitamina D. É o caso de infartos ou derrames, por exemplo.

Pesquisas recentes também mostraram que doenças autoimunes, como esclerose múltipla, lúpus e artrite reumatoide têm maior chance de serem desenvolvidas por pessoas que tenham deficiência dessa vitamina.

Músculos fracos e maior risco de quedas, especialmente na terceira idade, também podem estar relacionados a esse tipo de deficiência.

Para evitar problemas desse tipo, basta que você se exponha ao sol pelo menos três vezes por semana por um período que varie entre quinze e vinte minutos. É importante não usar filtro solar. A exposição deve ocorrer pela manhã, antes das dez horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *