banha de porco

Banha de porco Leave a comment

Desde criança, crescemos escutando algumas coisas que são colocadas como verdade absoluta, mas a partir do momento que vamos descobrindo mais coisas sobre a vida, por vezes nos deparamos com situações onde os ditos que ouvíamos na infância nem sempre refletem de fato a realidade. Muitas dessas coisas são ditas pelo nosso bem, mas também há muita desinformação que é repassada para frente e, portanto, ter a própria visão e busca por conhecimento sobre os assuntos se torna algo necessário.

Um dos tópicos que se encaixa nisso é que as gorduras são o grande inimigo do ser humano na luta pelo peso ideal e a musculatura definida. Obviamente existe embasamento quando coisas do tipo são ditas, mas é preciso uma contextualização melhor para colocar isso como uma verdade absoluta. Por mais que os lipídios possam acumular no seu corpo correspondendo àquelas gordurinhas a mais, não deixam de ser substâncias importantes para que o corpo realize uma série de processos. Inclusive, já existe um tipo de dieta que trabalha na ingestão moderada de proteínas e carboidratos, privilegiando as gorduras. É a chamada dieta cetogênica.

No entanto, as gorduras não estão presentes apenas em alimentos assim diretamente. Também podemos encontrar esses lipídios nos óleos vegetais, que são nada mais nada menos que gorduras que são extraídas das sementes de diferentes plantas. Suas aplicações são variadas, podendo ser utilizados como óleo de cozinha, combustível e até para fins cosméticos e fitoterápicos, apresentando propriedades antissépticas, anti-inflamatórias e antibacterianas. Esses óleos vegetais têm ganhado popularidade nos últimos tempos, mas principalmente quando estamos falando em culinária, muitas pessoas ainda apresentam pela preferência por outra gordura mais tradicional que pode apresentar composição mais saudável do que esses óleos e também as manteigas.

Estou falando da banha de porco, gordura que pode ser obtida a partir de diversas partes do animal, apresentando uma alta concentração de ácidos graxos saturados, mas não conta com gordura trans. Como já mencionado, alguns especialistas disseram que, após a banha de porco ficar fora do mercado por um tempo com alegações de que essas gorduras animais aumentam muito o risco de infarto e outras condições cardiovasculares, esse tipo de gordura podem até ser mais indicado que os óleos vegetais, além de serem mais indicados também que a manteiga e a margarina na culinária. Os carboidratos, mais especificamente os açúcares, segundo estudos, podem ser mais prejudiciais à saúde que as gorduras de origem animal, como a banha de porco.

Banha de porco

Proveniente do porco, obviamente, a qualidade da banha de corpo é influenciada por alguns fatores que devem ser levados em consideração. Apesar de você pode fazer uma em casa, tópico que será abordado aqui mais para frente, a real qualidade da sua banha de porco irá depender, principalmente, do processo de obtenção que o tecido adiposo em questão passou, fazendo com que essa origem da gordura do porco seja fundamental para todas as outras discussões a partir daqui.

Como já dito anteriormente, as características da banha de porco podem ser inicialmente resumidas na sua alta concentração de ácidos graxos saturados, em especial os triglicerídeos, além de não possuir gordura trans. Além dessas propriedades serem utilizadas na culinária, sendo uma alternativa para a manteiga e outros produtos desse tipo, outros fins para a banha de porco são as possibilidades de aplicá-la na produção de alguns tipos de sabão e também em combustíveis, ou mais especificamente os biocombustíveis, aqueles que são produzidos a partir de matéria orgânica.

A banha de porco tem uma popularidade considerável graças a essa sua capacidade de aplicação e utilização no preparo de alguns alimentos tradicionais e frequentes no nosso cardápio. Biscoitos, frituras recorrentes como nas batatas, além de carnes, todos esses podem ser usufruir da textura e do sabor da banha de porco em seu cozimento. Como tudo na vida e principalmente na alimentação e dieta, as coisas devem ser consumidas com moderação e na medida certa, e não é diferente para a banha de porco. Tendo gordura saturada em sua composição, a banha de porco tem seus belos benefícios, como a presença de vitaminas e alguns outros nutrientes essenciais para nosso organismo, mas quando não está em equilíbrio com as gorduras insaturadas, pode ser um problema. Além de tudo isso, outro ponto a favor da banha de porco é o fato de não apresentar açúcar em sua composição, juntamente com índices baixos de sódio.

Continuando nesse assunto de sua composição e a relação entre os diferentes tipos de gordura presentes na mesma, cabe destacar certo equilíbrio apresentado pela banha de porco. Além de gordura saturada, parte considerável de sua composição (cerca de 45% contra 40% das saturadas) são gorduras monoinsaturadas, essas que, algo que você dificilmente lerá por aí, podem inclusive ajudar na prevenção de condições relacionadas à sua saúde cardiovascular. Com capacidade de atuar nos níveis de triglicerídeos do seu organismo, as gorduras monoinsaturadas podem influenciar nos níveis de colesterol do seu corpo, reduzindo o LDL e aumentando o HDL. Graças a todos esses princípios e vantagens, a banha de porco pode até ser bom e atuar na prevenção de condições relacionadas a artérias e ao coração, mas algumas ponderações devem ser feitas.

Banha de porco faz mal?

Tudo que você escutou sobre as gorduras durante boa parte da sua tem seu fundo de verdade, obviamente. Essas gorduras animais apresentam altos índices de gorduras saturadas e colesterol, como já foi explicado, mas dentro desse segmento, a banha de porco acaba por ser uma das mais saudáveis ao apresentar números bem menores quando o assunto são doenças cardiovasculares. Tendo um ponto menor de saturação, a banha de porco é menos prejudicial ao corpo, na medida que quando é aquecida, como em sua utilização para frituras, por exemplo, suas cadeias de ligações químicas não são facilmente quebradas. O ponto aqui é que, nas outras gorduras, essas ligações são quebradas com mais facilidade e o resultado disso é a liberação de algumas toxinas oxidantes, que posteriormente vão se transformar em radicais livres, substâncias que irão lhe causar danos celulares – mesmo sendo natural do nosso corpo possuir radicais livres, os evitar é fundamental para controle de problemas que podem aparecer posteriormente.

A produção dos hormônios e o transporte de vitaminas são dois fatores que nos ajudam a explicar porque precisamos sim de gordura, e em um teor considerável, dentro do nosso organismo. Sem os lipídios, esses processos ficam prejudicados e você pode pagar um preço caro. A banha de porco, apesar de apresentar 40% de gordura saturada, que não passa nem perto de ser indicada pelos médicos, sua grande quantidade de gorduras mono insaturadas apresentam benefícios significantes. Médicos especialistas concluíram que, durante esse tempo onde as gorduras animais como a banha de porco ficaram escondidas no mercado, não houve uma diminuição da ocorrência de doenças cardíacas. O uso moderado da banha de porco irá ajudar o poder antioxidante do seu organismo, além de outros pontos já mencionados como controle dos tipos de colesterol, juntamente com a presença de diferentes vitaminas, cálcio, ferro e fósforo.

Benefícios da banha de porco

Você já leu até aqui diversos possíveis benefícios da banha de porco quando usada corretamente e com moderação, mas podemos explicar ainda melhor alguns deles e ainda apresentar possíveis ações secundárias dessa gordura animal. Resumidamente, podemos citar os seguintes benefícios para você que quer ser convencido em fazer ou comprar uma banha de porco:

  • É nutritiva, por apresentar vitaminas e outros nutrientes em sua composição. Um ótimo exemplo é a vitamina D, que precisa de ácidos graxos para ser absorvida, o que explica bem porque essa vitamina lipossolúvel está em abundância na banha de porco.
  • Por apresentar majoritariamente gorduras monoinsaturadas em sua composição, vai na contramão das outras gorduras que estão diretamente associadas a doenças cardiovasculares
  • Sua grande concentração de ácido oleico, especialmente do tipo ômega 3, ajuda no combate a sintomas de depressão
  • Estabilidade ao ser aquecida, evitando a liberação de toxinas
  • Diferentes de alguns outros óleos que geralmente são utilizados para fins semelhantes ao da banha de porco, ela não apresentar odor nem cheiro, podendo assim ser ainda mais ideal para utilização na culinária
  • A banha de porco apresenta riqueza em colesterol, além de ser capaz de elevar os níveis do colesterol bom e reduzir o colesterol ruim. Porém, essas capacidades podem não ter influência direta no colesterol presente em seu sangue. O ovo, por exemplo, que também é rico em colesterol, não apresentou mudança nesse sentido quando ingerido para a finalidade de algumas pesquisas.

Banha de porco é gordura saturada?

Já explicamos boa parte da composição da banha de porco anteriormente, mas esse tópico deve ser discutido com mais atenção para não haver confusões e interpretações precipitadas e equivocadas.

A banha de corpo apresenta 40% de gordura saturada e 45% de gordura monoinsaturada. Quimicamente falando, as gorduras saturadas não apresentam ligações duplas entre átomos de carbono vizinhos – isso falando especificamente de cadeias de ácidos graxos -, ou seja, sendo uma cadeia ‘saturada’ com átomos de hidrogênio. Já as gorduras monoinsaturadas apresentam uma ligação dupla em sua molécula.

Estudo extenso concluído em 2016 constatou que o abuso de gordura saturada, aquelas que estão presentes em carnes e manteigas, faz subir o risco de morte prematura. Ou seja, todo o cuidado é pouco quando o tópico é esse. No entanto, o mesmo estudo ainda conseguiu também concluir como a substituição das gorduras saturadas pelas insaturadas pode ser o grande triunfo para sua dieta. Essa substituição pode promover queda do colesterol ruim e te ajudar bastante.

Banha de porco tem colesterol

Como dito nas vantagens da banha de porco, ela é um produto que apresenta riqueza em colesterol, mas algumas ponderações precisam ser feitas para um melhor entendimento dos prós e contras nesse cenário, até pelo argumento apresentando no parágrafo anterior relacionado ao seu nível de gordura saturada e insaturada.

Por ser extremamente rico em colesterol, a banha de porco acaba por criar relações secundárias com períodos de estresse, além de inflamações. A ingestão de colesterol por meio de sua alimentação, como seria no caso da banha de porco, pode possibilitar você manejar suas inflamações mais corretamente, além de auxiliar na produção de hormônios. Como já explicado, existe o colesterol bom e o colesterol ruim, onde níveis baixos do HDL (bom) podem estar associados a condições indesejadas principalmente relacionadas ao seu psicológico, como depressão e demência.

O azeite (com 77% de gorduras monoinsaturadas) segue sendo como a melhor fonte para se obter gordura, mas a banha de porco aparece como uma ótima alternativa dentro do possível, apesar de não fugir muito dos padrões de alimentos obtidos do porco. Tais gorduras monoinsaturadas, além de todos os benefícios já aqui listados, ainda também tem atuação na estabilidade dos níveis de colesterol.

Banha de porco vs óleo de soja

Todas as ponderações em volta das gorduras saturadas, insaturadas e monoinsaturadas já foram feitas por aqui. Privilegiar as gorduras insaturadas irão de trazer alguns benefícios já comprovados cientificamente, que vão exatamente para outra direção quando comparados com as gorduras saturadas: enquanto essas estão associadas a problemas de pressão e no coração, as insaturadas diminuem o risco dessas condições.

O óleo de soja, assim como a banha de corpo, apresenta um teor mais baixo de gordura saturada, enquanto possui maior quantidade de gordura poli-insaturada, ou seja, ômega 3 e 6, compostos que podem lhe trazer alguns benefícios extras, como por exemplo, ajuda no combate de sintomas relacionados a depressão.

Banho de porco vs óleo de coco

O óleo de coco está, possivelmente, entre os óleos mais utilizados para cozimento. O ponto em questão aqui é que, diferentemente do azeite e da banha de porco, a maioria de sua composição conta com a presenta de gordura saturada, aquela que devemos evitar para não sofrer consequências indesejadas. A banha de porco é o meio termo entre o óleo de coco e o azeite, por apresentar quantidade de gordura saturada, mas ainda assim ter maioria de gordura monoinsaturada.

Banha de porco engorda

Apesar de todas as ponderações, a banha de porco ainda não deixa de ser gorduras, que apresentam altos níveis de lipídios e de colesterol, que quando consumidos em excesso vão, inevitavelmente, te levar ao ganho de peso. Possui alto teor calórico que, apesar de apresentar vantagens em relação a grandes partes dos óleos usados atualmente, deve ser controlado. Apenas em uma colher de sopa, podemos encontrar 115 calorias, além de 13 gramas de gordura total, sendo 5 dessas gramas do tipo saturadas, que vão fazer mal para sua saúde.

Outro ponto a ser abordado aqui são as banhas de porco feitas industrialmente, que além de tudo ainda podem apresentar gorduras hidrogenadas em sua composição. As gorduras hidrogenadas são basicamente as gorduras trans presentes em óleos vegetais, que também podem lhe dar dor de cabeça futuramente.

Como fazer banha de porco

Diante dessa possibilidade de muitas modificações na fabricação industrial das banhas de porco, fazer o produto em casa aparece como uma boa opção. Não é nada muito complicado e você poderá imediatamente utilizar a banha de porco no cozimento de seus alimentos, na espera por menos gordura saturada em seu organismo.

Para isso, você vai precisar apenas de um quilo de toucinho comum. Toucinho é aquela parte que é apenas pele e gordura, geralmente usado para fazer torresmo. Esse toucinho deve ser cortado em tiras e depois colocado em uma panela já aquecida em fogo baixo. A gordura presente no toucinho começará a ser liberada de acordo com seu nível de aquecimento – sempre com o fogo baixo para não queimar. Esse processo deve levar cerca de trinta minutos, com o toucinho ficando macio e com sua gordura já liberada. Assim, retire o toucinho e você terá sua banha de porco ali, precisando apenas armazená-la para depois utilizar no seu cotidiano.

Banha de porco onde comprar

No entanto, para muitas pessoas comprar a banha de porco ainda será a melhor opção. Você pode encontrar esse produto tanto na internet como em supermercados locais. Por ser industrializada, essas banhas de porco terão diversas marcas que poderão apresentar pequenas diferenças no método da obtenção da gordura e também na composição em si da banha de porco, fazendo com que você precise ficar mais atento para fazer a escolha correta, apesar de que as mudanças não devem ser tão significativas.

Banha de porco preço médio

Nos supermercados, o valor em média da banha de porco está por volta dos 15 reais o quilo desse produto. Preço acessível para um produto que vai ajudar seu corpo a se livrar os óleos lotados de gordura saturadas e te proporcionar maiores níveis de gorduras insaturadas no seu organismo, consequentemente maior controle sobre o colesterol bom, além de ir na contramão das gorduras mais tradicionais e apresentar componentes capazes de te ajudar no combate a doenças cardiovasculares.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *