Carregando...

Bioressonância

A Bioressonancia trabalham com um incrível método de tratamento indolor que traz cura para diversas doenças

Saiba Mais
bioressonancia - onde fazer

Bioressonância

A bioressonancia pode ser capaz de tratar doenças agudas e crônicas,alergias,enxaquecas e até problemas odontologicos.

No artigo a seguir você encontrará os seguintes tópicos:

  • O que é a bioressonância
  • origens da bioressonância
  • Noções de saúde e doença
  • tratamentos da bioressonância
  • Qual o nível de resposta da terapia de biorressonância?
Saiba Mais

Bioressonância

À medida que a medicina foi avançando, juntamente com a tecnologia de diagnóstico e a capacidade científica de produzir medicamentos alopáticos e outras formas de tratamento modernas, os tratamentos tradicionais foram ficando em segundo plano. Acontece que a medicina contemporânea, por mais avançada que seja não pode suprir todas as carências e exigências de saúde do corpo humano. Parte disso está relacionada ao fato de que as estratégias terapêuticas alopáticas buscam reestabelecer a saúde a partir da eliminação do elemento que desequilibra a saúde do organismo, mas às as vezes a busca pelo bem estar pede uma assistência mais completa, mais integrativa. É nesse sentido que as práticas antigas ressurgem e ganham novas aplicações e melhorias sob a ótica dos desenvolvimentos tecnológicos. Uma das técnicas de medicina integrativa é a biorressonância.

O que é a biorressonância?

bioressonancia - equipamentos

A biorressonância é uma terapia não invasiva e suave, o que a torna adequada para crianças e bebês e até para pacientes sensíveis. Por usar a biofísica - a física do corpo - em vez da bioquímica, os médicos podem descobrir que é possível usar menos medicamentos e remédios à base de ervas. O tratamento com a máquina de biorressonância não serve para exatamente curar nenhuma doença. Ela ajuda o corpo a reduzir suas toxinas e a carga de estresse e assim ajuda a restaurar a "auto-regulação", ou equilíbrio das atividades orgânicas, permitindo que o corpo se cure. É um tratamento mais conhecido por tratar fatores de estresse ambiental que podem estar contribuindo para a doença de uma pessoa, como as ondas elétricas, radiação, parasitas e outros patógenos. Alguns sintomas comuns influenciados pelos estressores ambientais incluem dores e cansaço generalizados, distúrbios digestivos, manchas na pele ou apenas uma sensação geral de mal-estar. As pessoas muitas vezes se perguntam por que, apesar de nossos avanços científicos mais e mais pessoas lutam para manter a boa saúde. Algumas complicações recebem um "rótulo", mas muitos não podem ser tratados; eles são simplesmente gerenciados. Muitos desses distúrbios e síndromes aumentaram constantemente nos últimos 20 anos, o que suscita a questão de saber se pode haver fatores de estresse ambiental envolvidos.

As origens da biorressonância

bioressonancia - instrumentos

A terapia de biorressonância tem suas raízes na década de 1970, com o dr. Franz Morell, um médico alemão que usava a homeopatia em suas atividades. Os remédios homeopáticos usam propriedades de substâncias diluídas muitas e muitas vezes na água, com as características da substância original sendo retida naquela água.

Morell se perguntou se seria possível desenvolver um tipo de "homeopatia eletrônica" usando sinais eletromagnéticos retirados do corpo de um paciente. Afinal de contas, nossos corpos são 70% de água e, portanto, a "informação" deve ser armazenada lá se a teoria homeopática estiver correta. Morell começou a trabalhar com seu genro engenheiro eletrônico, Erich Rasche, no desenvolvimento de um dispositivo terapêutico. Juntamente com o biofísico Dr. Ludger Mersmann, em 1977, eles desenvolveram um filtro para separar sinais eletromagnéticos "não saudáveis" e "saudáveis" provenientes do corpo. Isto levou a um dispositivo de terapia de biofeedback chamado MORA usando eletrodos na pele. Eles coletaram informações energéticas, modificaram e alimentaram o paciente para fortalecer as energias "saudáveis" do corpo e ajudar a enfraquecer e eliminar as energias "doentias" ou "da doença".

Este dispositivo de bioressonância inicial exigiu uma configuração manual complicada a ponto de se tornar entediante e Hans Brügemann, um colega de Morell, viu a vantagem de usar um computador embutido para automatizar a operação e torná-lo mais fácil de usar. Em 1987, ele montou sua própria empresa (hoje Regumed GmbH) para fazer tal dispositivo. Ele chamou seu dispositivo de BICOM e cunhou o termo “terapia de biorressonância” para a técnica. Desde então, a Regumed fez melhorias técnicas contínuas no BICOM, algumas das quais envolveram a colaboração com pesquisadores de biofísica, incluindo o Prof Cyril Smith (Reino Unido) e o Prof Fritz Albert Popp (Alemanha).

Atualmente, existem mais de 8 mil dispositivos BICOM na Alemanha (17 mil em todo o mundo em 80 países) usados por médicos em consultório particular e por terapeutas complementares. A terapia de biorressonância é amplamente utilizada em outros países de língua alemã, como a Áustria e a Suíça, e também na Holanda e no Reino Unido. Ele está começando a se tornar mais conhecido fora da Europa, especialmente na China, onde os dispositivos BICOM são usados em hospitais públicos, principalmente hospitais infantis. Em outros países, incluindo a Austrália, a biorressonância é vista como uma terapia complementar.

Noções de saúde e doença

concessionaria bh - dados

Ainda em meados do século XIX, as pessoas não tinham ideias realistas sobre as origens das doenças. Então, seguindo o trabalho de Louis Pasteur, Robert Koch e outros, a “teoria dos germes” da medicina foi aceita, baseada na ideia de que um germe específico causa a mesma doença em todos os pacientes sob todas as condições. No entanto, um contemporâneo respeitado de Pasteur, o médico Jacques Antoine Bechamp, achava que a teoria dos germes era simplificada por demais e argumentava que as doenças eram o resultado de múltiplos fatores exclusivos do status interno e do ambiente externo de cada indivíduo. O debate continua até os dias atuais.

Hoje em dia, vivemos vidas agitadas e rápidas. Uma vasta gama de equipamentos técnicos, meios de transporte e comunicação incrivelmente rápidos e uma boa quantidade de alimentos processados e produtos químicos tornam nossa vida diária muito mais fácil. A tecnologia que temos hoje dificilmente poderia ter sido imaginada há 50 ou 60 anos. Por mais que aproveitemos tudo isso, alguns de nós estamos pagando um preço por isso.

Imagine o corpo como um barril vazio no nascimento. Então, com cada contato com substâncias estressantes no ambiente, um pouco mais é adicionado ao barril. Quando os mecanismos regulatórios em nossos corpos estão funcionando adequadamente, eles normalmente podem impedir que o barril transborde, processando e eliminando os estressores. Em algumas pessoas, no entanto, o sistema regulatório não consegue lidar e o barril transborda, resultando em doenças.

Descobertas feitas em física quântica revelaram que todas as partículas de matéria compartilham as características de ambas as ondas e partículas. Isso significa que todas as substâncias e, portanto, todas as células em todas as partes do corpo, assim como vírus, bactérias, pólen, toxinas, etc. emitem ondas eletromagnéticas. Dependendo da sua natureza, todas as substâncias têm o seu comprimento de onda específico ou frequência com características altamente individuais. Isso é conhecido como um padrão de frequência que pode ser detectado por uma máquina de biorressonância. A pesquisa em biofótons baseia-se na suposição de que as células se comunicam umas com as outras por meio de "flashes de luz" (radiação de fótons) em certas frequências "ressonantes". Pesquisadores de biofísica acreditam que o nível biofísico do corpo controla o nível bioquímico e, consequentemente, a estrutura da matéria e a estrutura dos órgãos.

O dispositivo de biorressonância utiliza padrões de frequência tirados do corpo no modo de biofeedback original ou de substâncias que estão estressando o corpo. Ele usa eletrodos que fazem contato com a pele ou eletrodos magnéticos para coletar informações de dentro do corpo ou de cima de roupas leves. O aparelho separa essas ondas em componentes harmoniosos (saudáveis) e desarmônicos (não saudáveis). As ondas saudáveis podem ser reforçadas e enviadas de volta ao corpo para fortalecer as funções normais, enquanto as ondas não saudáveis são "invertidas" ou viradas de cabeça para baixo por um circuito de espelho eletrônico antes de devolvê-las para reduzir seu efeito negativo no corpo. O que realmente acontece é mais complicado, mas a onda "invertida" cancela a onda prejudicial que estava estressando o sistema energético do corpo. Você pode ver esse efeito na praia, onde uma onda refletida de uma rocha achata a próxima onda que chega. O mesmo princípio eletrônico é usado em fones de ouvido com cancelamento de ruído para uso em aeronaves. Uma sessão padrão de tratamento de 60 minutos combinará vários programas de terapia, alguns usando informações do corpo e algumas de substâncias. A informação alterada é reproduzida no corpo através de um grande tapete eletromagnético que cobre a coluna do paciente. Durante o tratamento, o corpo é "estimulado" quando ressoa com a frequência de cura do aparelho.

Exemplos de tratamentos de biorressonância

concessionaria bh - maquinas

1º Exemplo:

Digamos que você esteja com sintomas como nariz escorrendo e tosse. As secreções corporais (saliva, mucosa, etc.) podem ser usadas como informações de "entrada" junto com um eletrodo na garganta. Essas secreções têm aspectos saudáveis e não saudáveis. O aparelho de biorressonância capta a informação energética a partir disso, e então os filtros internos separam as frequências "saudáveis" das frequências "não saudáveis", amplificando a energia saudável e acalmando ou cancelando a frequência "não saudável".

2º Exemplo:

Toxinas não têm aspecto saudável. Digamos que um estresse por mercúrio tenha sido detectado. Um frasco homeopático contendo a informação de mercúrio é usado como entrada. O padrão de frequência de mercúrio é executado através do "circuito espelhado" que o inverte. Ele literalmente reflete a imagem do padrão de frequência e a frequência espelhada é realimentada no corpo para enfraquecer ou cancelar a informação de mercúrio.

Qual o nível de resposta da terapia de biorressonância?

Cada vez menos pacientes estão preparados para simplesmente tomar uma pílula quando não se sentirem bem. As pessoas que são cuidadosas com seu organismo e querem agir com responsabilidade em questões de saúde estão buscando outras alternativas. Isso fica claro no portal de imprensa da DAK, um dos principais fundos de saúde da Alemanha. Há muitas evidências para mostrar que, apesar dos grandes avanços na medicina, as doenças crônicas estão aumentando. Quantas crianças você conhece com intolerâncias alimentares, asma, problemas de pele e outras condições? Uma abordagem holística pode produzir resultados não experimentados apenas ao tratar apenas o sintoma real.

Um número crescente de pacientes quer se envolver em decisões sobre seu destino, em vez de aceitar prescrições e medicamentos passivamente. Na pesquisa “Os alemães e sua atitude para com a doença e a saúde”, conduzida pelo Allensbach Demoscopic Institute em 2000, cerca de 70% dos entrevistados se queixaram de que poucos médicos praticantes se interessam por fitoterapia e medicina alternativa.

A Academia Suíça de Ciências Médicas (SAMW) descobriu em 2001 em seu projeto “Novas tendências na medicina” que cada vez mais as pessoas estavam se afastando da medicina cientificamente baseada e buscando ajuda da medicina complementar.

O estudo TNS Emnid "Sobre o Futuro da Saúde" também mostra que 2/3 da população frequentemente acham métodos não convencionais de cura melhores do que a medicina ortodoxa, embora não considerem esses métodos cientificamente provados, ao contrário da medicina ortodoxa. Na grande maioria dos casos, a terapia de Biorressonância (BRT) é muito bem tolerada. Ele foi aplicado a uma ampla gama de pessoas, desde bebês até adultos maduros, por mais de 25 anos. A terapia tem procedimentos de gerenciamento de risco em vigor para garantir a segurança do paciente e nenhum efeito colateral sério foi relatado. Para aqueles que necessitam de desintoxicação, o tratamento pode levar a reações por um curto período de tempo, como dor de cabeça, leve náusea ou cansaço. Algumas pessoas se sentem cansadas por 24 horas após o tratamento.

Estes efeitos podem ser reduzidos bebendo bastante água limpa, preferivelmente filtrada ou com baixo conteúdo mineral para ajudar a eliminar as toxinas. Qualquer um dos efeitos posteriores acima são realmente vistos como bons sinais na terapia, mesmo que sejam um pouco desconfortáveis, pois é evidência de um processo de cura. Embora possa parecer que nada está acontecendo durante um tratamento, as coisas estão acontecendo por dentro e esses sinais são um indicador de que o corpo está usando as informações recebidas da biorressonância.

Biorressonância

Uma boa aplicação da biorressonância é fator imprescindível para que os resultados sejam alcançados. Um profissional experiente e sensível sabe fazer realizar a forma mais adequada de aplicação e uso do aparelho de biorressonância é essencial para o bom funcionamento da terapia e para a promoção do bem estar do paciente como um todo. A Clínica Natur é referência na área de biorressonância em Belo Horizonte. Com profissionais experientes e especializados em práticas de medicina integral, a Natur é o local ideal para realizar técnicas fitoterápicas e consultar várias outras especialidades, coordenadas pelo dr. Jean Eldin e pela dra. Thatiane Pitaluga.

Entre em contato agora mesmo

bioressonancia local

Endereço

Praça Raul Soares, 85 - Belo Horizonte - MG

E-mail

contato@evotekone.com.br

Telefone para Contato

(31) 3292-7257

WhatsApp - Celular

(31) 9357-1951