Ceará Sporting Club Leave a comment

Ceará Sporting Club – Entre o século XIX e o início do século XX, o Império Britânico era uma potência mundial. Seja como força política, militar ou cultural era basicamente impossível não sofrer alguma influência dos ingleses em qualquer ponto do globo.

Em 1920, o Império Britânico dominava diretamente 458 milhões de pessoas (um quarto da população na época), abrangendo cerca de 24% dos territórios do planeta. A frase repetida popularmente pelos ingleses da época dizia que “o sol nunca se põe no Império Britânico”, por sua extensão territorial ao redor do globo.

Nesse contexto a língua inglesa foi tratada como língua universal, histórias folclóricas e tradicionais da Grã-Bretanha se tornaram famosas ao redor do mundo e vários outros pontos da cultura britânica foram sendo assimilados pela população mundial.

Dentre todos esses elementos culturais britânicos, um talvez seja o que mais se consolidou, se transformando em uma verdadeira febre global. Tão universal que já nem remete tanto à sua terra natal, o futebol criou raízes em todos os continentes e é um dos mais fortes legados do período de domínio inglês.

O esporte bretão começou em diversas localidades por influência direta de ingleses, que iam trabalhar em ferrovias ou navios ao redor do mundo e acabavam por ensinar seu passatempo à população local. Foi assim que o futebol chegou em Fortaleza, capital do estado do Ceará, por exemplo.

Nos primeiros anos do século XX, algumas empresas britânicas começaram a realizar atividades portuárias e a instalar empresas no Ceará. O contexto de ocupação inglesa se somou a um jovem cearense que voltava de seus estudos na Suíça com uma bola de futebol para instaurar o esporte na região.

Logo o jogo de bola se popularizou e a juventude de Fortaleza começou a se juntar para praticar o esporte. Nesse cenário os clubes começaram a ser fundados. Dentre esses clubes estava o Ceará Sporting Club, o mais popular do estado até hoje!

  • Fundação do Ceará Sporting Club

O Ceará Sporting Club nasceu da reunião de um grupo de cerca de 20 jovens em Fortaleza, no dia 2 de junho de 1914. Porém, o clube não nasceu com o nome, muito menos com as cores pelas quais é conhecido atualmente.

Na primeira reunião fundadora, os jovens decidiram batizar o novo clube de Rio Branco Football Club. O Rio Branco usaria camisas roxas. A escolha inusitada para a cor da camisa do time foi um dos fatores que motivou uma nova reunião, um ano depois. Nessa reunião, foi decidido que o clube passaria a usar uma camisa alvinegra, devido a dificuldade em encontrar tecidos na cor roxa. Com isso, o nome do clube também mudou e foi aí que o Rio Branco Football Club se tornou o Ceará Sporting Club.

  • Símbolos do Ceará Sporting Club

O Ceará teve cinco variações de escudo ao longo de sua história. O primeiro foi o símbolo do Rio Branco Football Club, de 1914. Era um brasão com as iniciais do clube e o nome escrito por extenso. O fundo do brasão era dividido entre as cores branca e roxa.

Depois de alterado o nome, o Ceará passou a ter um escudo em preto e branco, listrado verticalmente com uma faixa sobreposta na diagonal com as letras iniciais C.S.C. grafadas. Essa versão foi usada entre 1915 a 1954.

De 1955 a 1959 surgiu um canto em branco na parte superior esquerda do brasão, onde uma bola de futebol foi inserida. Na faixa sobreposta na diagonal as iniciais do clube deram lugar ao nome “Ceará” escrito em letras maiúsculas. Em 1960, o Ceará utilizou um brasão similar, mas com o retorno das iniciais na faixa.

De 1970 a 2003, o nome “Ceará” voltou para a faixa e a bola no canto superior esquerdo foi retirada. Em 2003 foi feita a última alteração no símbolo. As faixas em preto ficaram mais espessas, apenas duas faixas brancas permaneceram e bem mais finas. Onde estava a bola nos brasões das décadas de 50 e 60 foram inseridas cinco estrelas, que representam o pentacampeonato cearense conquistado entre 1915 e 1919.

Mascote do Ceará Sporting Club

O mascote do Ceará é um dos mais conhecidos, carismáticos e inusitados entre os clubes brasileiros. O “Vovô” ou “Vozão” é como o clube é conhecido e carinhosamente chamado por sua torcida. Trata-se mesmo de um idoso, com barba e cabelos brancos e a camisa do Ceará!

Existe uma corrente que acredita que o apelido de vovô vem do fato do Ceará Sporting Club ser o clube mais antigo do estado, mas essa não é a única versão que explica o mascote.

A versão mais aceita relembra a figura de Meton de Alencar Pinto, presidente do Ceará na década de 1920. Na época, o América Football Club, clube de Fortaleza treinava no campo do Ceará. Diziam que durante os treinos, Meton ia em direção aos jogadores e os chamava de “netinhos” e brincava que eles tinham de aprender a jogar direito para vencer o Fortaleza, maior rival do alvinegro.

Essa brincadeira do presidente Meton de Alencar Pinto se tornou folclórica e acabou rendendo ao Ceará o apelido de vovô.

Rivalidade do Ceará Sporting Club

O grande clássico da cidade de Fortaleza é quando se encontram Ceará e Fortaleza. Fundado em 1918, o Fortaleza sempre mediu forças com o vozão pelo domínio do estado.

O embate entre o clube que carrega o nome do estado contra o que carrega o nome da capital é conhecido como Clássico-rei. O primeiro clássico foi disputado em dezembro de 2018 e vencido pelo Ceará por 2 a 0. O Fortaleza só conseguiu vencer o Ceará pela primeira vez depois de quatro anos de existência, em 1922.

O Clássico-rei já foi a final do Campeonato Cearense em 32 oportunidades, cada uma das equipes venceu 16 vezes!

Além das duas equipes componentes do Clássico-rei, Fortaleza também tem o Ferroviário Atlético Clube. O duelo entre Ceará e Ferroviário é conhecido como clássico da paz, porque as duas torcidas tem uma relação de amizade.

  • Torcida do Ceará Sporting Club

    torcida ceara
    torcida ceara

O Ceará está, sem dúvidas, no hall das maiores e mais importantes torcidas do futebol nordestinos. Com cerca de 1,8 milhão de torcedores, o Ceará é dono da maior torcida no estado e na cidade.

Torcida Organizada Cearamor, Movimento Organizado Força Independente (MOFI), Torcida Ceará Chope, Cangaceiros Alvinegros, Setor Alvinegro, Torcida Fúria Jovem do Ceará e Cearacoiba. são as principais torcidas organizadas que fazem a festa durante as partidas do alvinegro.

A torcida do Ceará é conhecida por suas boas médias de público, tendo como seu auge nesse aspecto o ano de 2010. A média de público da torcida do vozão nesse ano foi de 23.467 pagantes por jogo, sendo essa a segunda melhor média geral do Brasil em 2010.

  • Estádio Ceará Sporting Club

O estádio de propriedade do Ceará é o Carlos de Alencar Pinto, conhecido popularmente como Vozão. O Vozão tem capacidade para cinco mil pessoas e foi construído em 1968. Apesar de ser o proprietário, o Ceará quase nunca manda partidas nesse ambiente, por ser demasiado pequeno para sua torcida.

O estádio municipal Presidente Vargas e o estadual Castelão são onde o Vozão manda a maioria de suas partidas.

O Presidente Vargas, mais conhecido como  PV, foi construído em 1941 e tem capacidade para 20 268 pessoas. Entre 2008 e 2011 o PV ficou fechado para reforma. O maior público do Ceará no Presidente Vargas pós-reforma foi de 19.666 torcedores em uma partida contra o Bahia, pelo Campeonato Brasileiro de 2011.

O Castelão é o maior estádio de Fortaleza, com capacidade para 63.903, o nome oficial do estádio é Governador Plácido Castelo, que dá origem ao apelido.

Inaugurado em 1973, o Castelão passou por diversas reformas, a última delas em 2012 como preparação para a Copa do Mundo FIFA 2014. O estádio recebeu seis partidas do mundial, sendo sede de dois jogos da Seleção Brasileira, o empate em 0 a 0 com o México pela fase de grupos e a vitória por 2 a 1 contra a Colômbia nas quartas de final.

O maior público do Ceará no Castelão aconteceu em 2015, na final da Copa do Nordeste entre Ceará e Bahia. 63.399 torcedores apoiaram o Vovô que se consagrou campeão daquela edição do torneio.

Conquistas do Ceará Sporting Club

O Ceará é o maior campeão estadual. Com 45 conquistas, tem quatro troféus a mais que o arquirrival Fortaleza. A maior sequência de títulos foi conquistada entre 1915 e 1919, quando o alvinegro foi pentacampeão estadual. Entre 1963 e 1971 o Ceará não conquistou o Campeonato Cearense, foi o período mais longo de seca de títulos da história do clube.

Além do Campeonato Cearense, o Ceará venceu o Torneio Início do Ceará 12 vezes e venceu uma Copa dos Campeões Cearenses.

Em 1969 o Ceará se consagrou campeão do Torneio Norte-Nordeste.

Em 2015 o Ceará conquistou sua primeira e única Copa do Nordeste.

  • Grandes ídolos

Em sua história centenária, grandes nomes vestiram a camisa do Vozão. Veja a lista de alguns dos maiores ídolos do Ceará:

– Gildo

– Milotônio

– Magno Alves

– Iarley

– Walter Barroso

– França

– Pintado

– Arlindo Maracanã

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *