crepioca engorda

Crepioca engorda Leave a comment

Uma das grandes tendências da década atual foi como a maioria das pessoas começaram a levar mais a sério os cuidados com a saúde e com o corpo. Como consequência, esse segmento evoluiu bastante e novas modas foram surgindo com o decorrer do tempo, com a criatividade sendo necessária para ampliar o leque de opções.

O que precisamos saber primeiramente é que para uma vida mais saudável, uma série de fatores devem ser levados a sério em conjunto, nunca individualmente. Por exemplo: apenas utilizar suplementos de proteína ou de outros nutrientes pode te fazer mais forte, mas não da maneira correta. Assim como apenas exercícios não são carta branca para você se alimentar de qualquer maneira. Tudo deve estar em equilíbrio e em conjunto: prática de exercícios físicos regulares e ideais para seu corpo e pretensões, suplementação para melhor performance e uma alimentação balanceada devem andar juntos.

Crepioca fit

Em uma alimentação balanceada, por muitas oportunidades o seu cardápio pode ficar restrito demais a algum tipo de alimento, o que pode te incomodar pela falta de variedade. Nesse cenário, entrou em ação a criatividade que já foi citada acima, com as pessoas fitness buscando alternativas para apresentar variedade na alimentação, mas sem perder de forma considerável o foco.

O que é crepioca?

Resumidamente, a crepioca é a tentativa de apresentar uma versão mais completa e saudável da tapioca. Contando com farinha de tapioca e ovos, é um alimento que virou moda nos últimos anos que podem lhe proporcionar um equilíbrio nutricional destacável. A origem do nome é pelo resultado da receita ser algo parecido com um crepe, mas utilizando farinha de tapioca e também ovos. É recomendado principalmente para quem pratica atividades físicas, promovendo variedade no seu cardápio sem perder a eficiência.

Essa receita diferente e criativa virou grande aliado daqueles que se preocupam com sua saúde e estética, por apresentar um sabor agradável, ter propriedades saudáveis e poder também ser um aliado para o emagrecimento. Controlando seu apetite, a crepioca pode ser consumida nos lanches da manhã e da tarde, inibindo mais fome entre as refeições mais importantes e promovendo maior ganho de massa magra. Além do mais, possui mais proteína do que a mandioca que é encontrada na tapioca.

Crepioca vs tapioca

Já que já apresentamos uma diferença maior entre tapioca e crepioca, hora de entrar mais afundo nisso para matar qualquer tipo de dúvida. A grande diferença entre as duas trata-se da quantidade de farinha de tapioca utilizada. Extraída da mandioca, a farinha de tapioca possui um índice muito alto de carboidratos, mas substituir parte dessa quantidade de faria por ovo vai deixar a sua receita menos calórica e mais nutritiva – sabemos como o ovo pode fazer bem para a saúde, sendo inclusive muito presente na dieta de frequentadores de academia -, além de proporcionar leveza e equilíbrio.

O ovo vai aumentar ainda mais o índice de proteína do seu alimento graças a clara de ovo. Desse modo, você ganha mais força para seu treinamento, além do já mencionado ganho de massa magra. A clara de ovo ainda é rico em vitaminas e outros nutrientes, como por exemplo ferro e potássio, proporcionando uma maior disposição quando se fala em energia e outros benefícios secundários.

Calorias de uma crepioca

Como é o caso das próprias tapiocas, para você usufruir bastante dos possíveis benefícios das crepiocas, você deve optar pela receita tradicional ou apenas utilizar recheios que também sejam saudáveis. O recheio é escolha de cada um, até na tentativa de dar um sabor ainda mais agradável à receita, mas caso você queira se utilizar desse alimento para os fins destacados, seja sensato e dê preferência a coisas com poucas calorias. Confira abaixo as informações nutricionais de uma crepioca padrão para aqueles que frequentam academia e estão utilizando esse alimento.

Obs: sem recheio e correspondendo a um ovo com duas colheres de farinha de tapioca.

Açúcar: 0 gramas
Calorias: 160
Colesterol: 0 gramas
Fibras: 0 gramas
Gorduras monoinsaturadas: 0 gramas
Gorduras poli-insaturadas: 0 gramas
Gorduras saturadas: 0 gramas
Gorduras totais: 9 gramas
Potássio: 0 miligramas
Proteína: 10 gramas
Sódio: 0 miligramas
Total Carbs: 1 grama
Trans: 0 gramas

Como fazer uma crepioca

Crepioca com requeijão

Na busca pela crepiota com os melhores valores nutricionais e com um sabor bem agradável, a crepioca com requeijão aparece como uma excelente opção. O seu preparo é bastante simples: você precisa apenas de um ovo, duas colheres de sopa de tapioca e uma colher de sopa de requeijão, além de uma pitada de sal. Todos os ingredientes devem ser colocados em um prato e misturados, para que fiquem homogêneos.

Depois disso, aqueça em uma frigideira (nada de óleo, azeite ou manteigas) e coloque a massa. Espere até que fique douradinho e vire o lado. Espere mais um pouco para o cozimento total até seu gosto e está pronto para te servir.

Crepiota engorda?

Por quase tudo que já foi dito aqui, você já praticamente sabe a resposta para essa pergunta. No entanto, como quase tudo que está relacionado a alimentação, ponderações precisam ser feitas para a melhor utilização de alguns alimentos, sempre inseridos dentro de um contexto correto de alimentação.

A quantidade de calorias contidas em uma alimentação tradicional é muito maior do que as que contidas em uma crepioca, mas isso não quer dizer que você pode trocar uma refeição com arroz e feijão por essa receita, mesmo visando o emagrecimento. Agora, sobre engordar ou não, já deu para entender como a crepioca pode ser um belo aliado inclusive no contrário, a busca pela perda de peso, mas você deve tomar cuidado com o recheio, por exemplo. Como dito anteriormente, a escolha do recheio deve ser minuciosa de acordo com suas pretensões: o recomendável é seguir a linha a linha saudável e optar por frangos desfiados, por exemplo. No entanto, é de sua escolha talvez deixar sua receita ainda mais saborosa acrescendo algo diferente, arcando com as consequências desse provável ganho calórico.

Crepioca pós treino

A crepioca pode também estar ainda mais diretamente ligada com sua rotina de exercícios físicos. Como dito, auxilia na produção de energia, fazendo com que seja uma opção sua utilização antes dos treinamentos. A presença do ovo, consequentemente também de proteína, ainda ajuda na recuperação muscular e pode ajudar contra a flacidez por meio da produção de colágeno.

Além dessa atuação que pode lhe beneficiar antes do treino, a ingestão de crepioca pode ser interessante também no pós-treino. Além de controlar a glicemia (concentração de glicose no sangue), a crepioca é rica em proteínas e nas gorduras que podem fazer bem para seu organismo. Quando combinada com nutrientes também benéficos, ainda pode ser um ótimo reforço de energia.

Apesar da existência dessa dúvida sobre a crepioca engordar ou não, você também deve se preparar para o contrário disso: cortar quase que por completo o consumo de calorias por meio da utilização de crepioca como praticamente sua refeição principal pode deixar seu organismo em falta com outros nutrientes, vitaminas e minerais vitais para o pleno funcionamento de diferentes processos do nosso corpo.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *