Figo Benefícios

Figo Benefícios Leave a comment

Figo Benefícios

Embora possua um sabor agradável e seja uma das frutas mais conhecidas em todo o mundo, o figo não é tão presente em nossa alimentação, de modo que sua comercialização em território nacional é quase sempre feita já em sua forma seca. O que muitos não sabemos é que, além de ser delicioso, o figo é uma das frutas mais benéficas para o ser humano, tendo em vista todos os nutrientes que estão presentes em sua composição.

Por isso, nesse texto iremos tratar mais dessa fruta, passando por suas propriedades, de onde ela vem e quais são os benefícios que ela pode trazer para a nossa saúde.

A Figueira

Como muitos de nós sabemos, o figo é o fruto de um gênero de vegetal chamado Figueira, que possui o nome científico de Ficus. Uma das curiosidades acerca desse gênero é o fato de ser um dos maiores de todo o Reino das plantas, uma vez que abriga mais de 700 espécies únicas e com características distintas. Dessa forma, o figo pode ser encontrado em vários tipos de árvores, desde maiores até algumas (em menor volume) de tamanho arbustivo. Todas as espécies do gênero da Figueira pertencem à família Moraceae.

Como é um dos gêneros mais antigos do mundo, e consequentemente encontrados em quase todos os continentes (daí se exclui a Antártida), a Figueira não possui um lugar de origem muito bem definido. Contudo, pelas suas características constantes, acredita-se que é originária do Oriente Médio. É uma árvore famosa, tendo em vista que é uma das primeiras espécies vegetais a ser descrita na Bíblia, no momento em que Adão pega uma de suas folhas para se cobrir, pois acabara de perceber sua própria nudez.

Foi utilizado por muitos anos, principalmente pelo fato de poder passar pelo processo de secagem, o que fazia com que durasse por muito mais tempo do que os outros alimentos, antes mesmo que qualquer técnica de conservação fosse inventada pelo ser humano. Ainda é citado na religião budista, onde é considerada sagrada, pois é debaixo de uma figueira que Buda alcançou uma revelação espiritual.

Em relação ao figo comestível, assunto abordado nesse artigo, este pode ser proveniente de várias espécies de figueira, mas é principalmente derivado de uma árvore denominada como Figueira-comum. Além desse nome, pode ser conhecida como figueira de baco, figueira mansa, figueira de Portugal, dentre outras nomenclaturas. O seu nome científico é Ficus Carica. Tem origem no Mediterrâneo, e os historiadores dizem que é uma das primeiras espécies a serem cultivadas pelo ser humano.

O Figo

O figo comestível, fruto da figueira-comum, como já foi falado no tópico anterior, é uma fruta consumida há bastante pela humanidade. Estudos recentes, a partir dos avanços da tecnologia, demonstrar que esse alimento possui vários nutrientes importantes para a manutenção da saúde do nosso organismo. Dentre eles podem ser citados os minerais Potássio, Ferro e Manganês, além da grande presença de fibras alimentares e o baixo teor calórico.

Na maioria das vezes, costumamos ingerir o figo em sua forma seca, devido a uma questão cultural. Contudo, essa fruta fresca pode conter ainda mais nutrientes importantes para o organismo humano, como alguns aminoácidos (luteína), caroteno ácido clorogênico, dentre outros.

Além disso, possui outra propriedade importante: geralmente, os alimentos que possuem uma boa concentração de potássio, importante mineral, trazem consigo uma concentração considerável de sódio, responsável pela retenção de líquido. No entanto, o figo não segue essa lógica e, apesar de possuir grandes concentrações de potássio, conta com quantidades pequenas de sódio em sua composição.

Figo benefícios

Como já vimos no parágrafo anterior, o figo é um alimento que conta com vários nutrientes importantes para o organismo do ser humano, o que pode gerar benefícios para o nosso corpo. Dessa forma, decidimos mostrar abaixo quais são os principais efeitos positivos gerados pelo consumo regular de figo.

Regula a pressão arterial:

O potássio é um elemento químico e um dos minerais mais importantes para vida do ser humano. Entre uma das suas funções quando entra em nosso corpo está o controle da pressão arterial, mantendo-a no nível ideal. Além disso, possui um baixo teor de sódio, uma das substâncias responsáveis por aumentar a pressão das artérias, resultando em sintomas e complicações da hipertensão.

Ajuda no emagrecimento:

O figo pode ser um ótimo alimento para quem está buscando uma perda de peso, principalmente por meio de dietas. Isso ocorre pelo fato de que essa fruta possui em sua composição altos níveis de fibras alimentares, elementos responsáveis por promover uma sensação de saciedade no indivíduo, gerando assim uma dieta com menor incidência de calorias e carboidratos.

Além disso, as fibras alimentares auxiliam para um melhor funcionamento do sistema digestivo, de modo que estimula a produção de suco gástrico e ajuda na movimentação dos músculos que ajudam na digestão. Para esses finalidades, o figo pode ser uma ótima alternativa para as sobremesas das refeições, as quais em outros casos são constituídas de alimentos com altos teores calóricos.

Previne a Diabetes:

A diabetes é uma das doenças mais comuns no Brasil e em todo o mundo atualmente. Caracterizada pelos altos níveis de glicose na corrente sanguínea, essa condição pode gerar severas consequências para os indivíduos. Na maioria das vezes, é motivada pela diminuição da produção de insulina pelo corpo, hormônio responsável pela regulação das moléculas de glicose no sangue.

Diante disso, o figo é um dos alimentos que podem ajudar a prevenir essa situação, uma vez que é rico em ácido clorogênico. Este, por sua vez, é responsável por estimular a produção natural de insulina pelo corpo humano.

Previne e ajuda no tratamento da Anemia:

Outra doença muito comum em nossa sociedade atual é a Anemia. Entre outros fatores, essa condição se concretiza no momento em que o indivíduo não possui uma quantidade suficiente de glóbulos vermelhos saudáveis na corrente sanguínea. O figo pode prevenir e auxiliar no tratamento dessa condição, tendo em vista que pode ser uma importante fonte de ferro, mineral que estimula a produção desses elementos para o sangue.  

Antioxidantes:

Um dos processos mais conhecidos e mais estudas pela Química é a oxidação. Basicamente, consiste em uma reação onde, gradativamente, moléculas de oxigênio se juntam aos elementos em questão, formando radicais livres. Esse tipo de reação promove várias situações indesejáveis para o ser humano, como a flacidez da pele e a formação de rugas, enfraquecimento dos cabelos e até o câncer.

Embora não possa ser interrompido e ocorra de forma gradativa em todos os elementos presentes no universo, esse fenômeno pode acontecer de forma mais lenta no corpo humano, caso o indivíduo consuma uma quantidade considerável de substâncias que são consideradas antioxidantes, das quais o Figo é rico.

Fortalece os ossos:

Como já falado anteriormente, o Figo é um alimento rico em potássio. Esse mineral, além de regular a pressão arterial no corpo humano, possui a função de fortalecer os ossos, principalmente protegendo-os contra doenças relacionadas à fraqueza, como a osteoporose.

Figo – como consumir? (Receitas)

O figo é uma fruta que, embora geralmente consumida em sua forma seca e em compotas, conta com várias receitas deliciosas, que podem manter todos os nutrientes presentes no alimento. Pode ser encontrado nas maiores feiras perto de sua casa.

Geleia de Figo:

Para essa receita, você irá precisar dos seguintes ingredientes:

  • 2 limões e meio;
  • 2 quilos e 250 gramas de Figo;
  • 5 xícaras de açúcar;
  • 1 xícara de chá de vinho tinto;

Modo de fazer:

Corte os limões ao meio e bata no liquidificador, depois reserve. Feito, corte os figos, retire os cabinhos e também bata no liquidificador. Em uma panela maior, misture todos os ingredientes (inclusive o figo e os limões), e cozinhe por aproximadamente meia hora em fogo baixo. Coloque na geladeira e sirva. Perfeito para passar no pão e servir como acompanhamento.

Mousse branco com figo:

Para essa receita, você irá precisar dos seguintes ingredientes:

  • Uma barra de chocolate branco;
  • 300 gramas de creme de leite;
  • 3 ovos (apenas a clara);
  • 1 xícara de chá de açúcar;
  • 6 gramas de gelatina em pó (preferencialmente sem sabor);
  • 6 figos picados;

Modo de fazer:

Em pequenos pedaços picados, coloque a barra de chocolate branco em banho-maria até que esta derreta por inteiro. Depois de feito, despeje todo o creme de leite e mexa até que se forme uma massa homogênea. Em outra panela com fogo baixo, coloque as claras de ovo e o açúcar, mexendo sem parar por aproximadamente 3 minutos, de modo que não cozinhe. Depois de feito, bata (manualmente ou com batedeira) até que o volume seja dobrado. Em outro recipiente em banho-maria, coloque o pó de gelatina com três colheres de sopa de água e mexa até que se dissolva. Junte todas as panelas, misturando o conteúdo de forma delicada, colocando o figo picado nesse momento. Deixe resfriar por aproximadamente 4 horas e sirva como sobremesa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *