sucralose ou stevia

Sucralose ou Stevia 1

Sucralose ou Stevia – Há quem prefira comidas salgadas, na mesma medida que outras pessoas são loucas por doces. Isso vai do paladar de cada um e, por ser um gosto particular, é diferente para cada pessoa. No entanto, o que ninguém pode negar é que a nossa vida seria bem mais árdua se não existisse o açúcar, responsável por deixar as comidas – e, para alguns, até a vida – mais doce.

No entanto, é um consenso entre nutricionistas, dentistas e profissionais da área da saúde de todo o mundo que o açúcar refinado – também conhecido como açúcar de mesa – pode fazer um mal danado para a nossa saúde. Isso se dá pelo fato de que, a partir de todos os processos de refinamento e embranquencimento que o elemento passa ao longo do processo, este perde todos os nutrientes da planta de que foi retirado, se tornando apenas algo que será rapidamente digerido pelo nosso organismo.

Por esse motivo, nos dias de hoje é possível encontrar opções mais saudáveis que também podem adoçar os nossos alimentos. Destes, dois dos mais utilizados são a Sucralose e a Stevia. No entanto, muitas pessoas se perguntam qual destes dois é o melhor, já que possuem dúvidas sobre os benefícios que podem ser obtidos a partir de cada um.

Diante disso, nesse artigo iremos tentar tirar essa dúvida do consumidor: Afinal, qual é melhor: Sucralose ou Stevia?

Por que utilizar Sucralose ou Stevia?

Antes de falarmos de cada um desses produtos, é proveitoso que o leitor saiba o porquê de usar Sucralose ou Stevia na sua dieta, ou seja, quais são os motivos que o levarão a substituir o açúcar convencional por um desses dois produtos.

Bom, todos esses motivos estão relacionados com os malefícios que podem ser obtidos a partir de um consumo contínuo do açúcar refinado, também conhecido como o açúcar de mesa.

Em primeiro lugar, o açúcar refinado é uma substância altamente calórica, a qual não possui nenhum nutriente que poderá ser reaproveitado pelo nosso organismo. A partir disso vários benefícios podem ser observados na saúde dos respectivos consumidores. Primeiramente, quando consumimos altos níveis de açúcar a corrente sanguínea recebe mais glicose do que o esperado. Isso, além de outros malefícios, pode causar doenças graves como a Diabetes.

Além disso, pelos altos níveis calóricos sem nenhuma retribuição de nutrientes, os açúcares podem estimular o acúmulo de gordura corporal no organismo humano. Isso pode gerar aquelas tão indesejadas gorduras localizadas.

O Stevia

sucralose ou stevia
Sucralose ou Stevia

Embora a popularidade da stevia possa ser relativamente nova, os sul-americanos nativos a usam como adoçante há centenas de anos. A stevia é obtida a partir de uma erva conhecida como yerba dulce, cultivada no Paraguai, no Brasil, no sudeste da Ásia e em outros lugares. Este adoçante foi elogiado como um adoçante seguro e natural que pode ser usado no lugar de adoçantes artificiais mais polêmicos, como aspartame, sacarina, ciclamato e sucralose.

Quando a stevia foi introduzida pela primeira vez no mercado, só estava disponível como suplemento dietético. Em 2008, no entanto, a stevia tornou-se reconhecida como uma substância alimentar GRAS (geralmente reconhecida como segura) pela Food and Drug Administration dos EUA. A Stevia contém diferentes compostos químicos que a tornam doce, incluindo o seu principal agente edulcorante, o rebaudioside A. Estes compostos tornam a steviacerca de 100 vezes mais doce que o açúcar de mesa.

Embora a stevia seja considerada segura por muitos devido ao seu status de adoçante natural, o Centro para a Ciência no Interesse Público (CSPI) observa que ser natural não garante a segurança. Ambas as agências reguladoras do Canadá e dos EUA rejeitaram a stevia no passado. Além disso, um painel científico da Comunidade Européia tomou a decisão de que a stevia não era um aditivo alimentar aceitável. Ainda assim, a FDA atualmente considera a stevia segura. É importante seguir as instruções de serviço recomendados pelo fabricante para ajudar a evitar efeitos colaterais, no entanto. De acordo com a WebMD, os efeitos colaterais da stevia podem incluir náusea, inchaço, tontura, dor muscular e dormência.

A Sucralose

sucralose ou stevia
Sucralose ou Stevia

Sucralose é o único tipo de adoçante artificial derivado de moléculas de açúcar reais. Ele é criado substituindo uma parte de uma molécula de açúcar por cloro para criar uma substância que é cerca de 600 vezes mais doce que a sacarose. A Sucralose pode ser usada como substituto do açúcar em quase todos os tipos de alimentos ou bebidas. Este adoçante recebeu pela primeira vez a aprovação do FDA em 1998 para alimentos específicos e, em seguida, novamente em 1999 como um adoçante para todos os fins. A sucralose também difere de outros adoçantes artificiais na medida em que passa pelo sistema digestivo sem ser metabolizada, razão pela qual não contém calorias.

De acordo com o Centro Médico Langone da Universidade de Nova York, a sucralose tem sido altamente examinada pelas agências reguladoras há mais de 20 anos. Mais de 100 estudos em animais e humanos levaram a FDA à decisão de que a Sucralose é segura para consumo humano. CSPI, no entanto, deu à sucralose uma classificação de “cautela” com base em um estudo italiano independente que encontrou uma ligação entre sucralose e leucemia, em ratos. A CSPI observa, no entanto, que a Sucralose pode ser mais segura do que outros adoçantes artificiais. A Universidade de Columbia relata que o consumo de adoçantes artificiais pode levar a efeitos laxativos, incluindo inchaço, gases e diarreia, em algumas pessoas. É por isso que é importante monitorar a ingestão de adoçantes artificiais, sendo recomendado um uso mais moderado.

Sucralose ou Stevia adoça de verdade?

A partir do momento que uma pessoa percebe os males que podem ser obtidos a partir da utilização do açúcar branco tradicional, é comum que queiram mudar os seus hábitos, e nesse momento a Sucralose ou Stevia são dois dos produtos mais escolhidos. No entanto, nesse processo podem surgir algumas dúvidas.

Dentre estas, uma das mais comuns é se a Sucralose ou Stevia adoçam de verdade, se possuem os mesmos efeitos do açúcar nos alimentos. E a resposta para essa pergunta é bem simples: Essas duas substâncias possuem um poder adoçante muitas vezes maior do que o açúcar.

De forma mais acertiva, o poderes de adoçar da Sucralose ou Stevia são:

  • Sucralose: A Sucralose possui um poder de adoçar que pode chegar a ser 600 vezes mais forte do que o açúcar convencional;
  • Stevia: O Stevia tem um potência de adoçar que pode variar entre 100 e 400 vezes mais forte do que o açúcar de mesa;

Quem deve tomar Sucralose ou Stevia?

Produtos como a Sucralose ou Stevia são destinados principalmente para pessoas que, por questões de doenças ou condições, estão impedidas de consumir o açúcar convencional. Na grande maioria das vezes os consumidores desses adoçantes são diabéticos.

No entanto, com todos os males que podem ser observados com o consumo de açúcar de mesa, cada vez mais pessoas têm usado essas alternativas. Tais pessoas, na grande maioria das vezes, desejam perder peso ou mesmo ter hábitos de vida mais saudáveis.

Grávidas podem tomar Sucralose ou Stevia?

O momento de gestação é um dos mais importantes na vida de uma mulher ou de um casal. Esperar um filho é algo que gera alegria para várias pessoas, mas também demanda um cuidado maior com o corpo, já que carrega uma outra vida com você.

Dessa forma, é comum encontrarmos pessoas que se questionam se grávidas podem tomar Sucralose ou Stevia. A resposta é sim, e inclusive esses dois produtos são recomendados, uma vez que alteram a quantidade de glicose no sangue em níveis bem menores do que o açúcar de mesa convencional.

Doses diárias de Sucralose ou Stevia

A Sucralose e o Stevia podem causar danos bem menores à saúde do que o açúcar de mesa convencional. No entanto, é importante que os seus consumidores estejam atentos à quantidade diária desses elementos. Isso se dá pelo fato de que a Sucralose ou Stevia devem ser consumidos com moderação, e, caso contrário, podem causar os mesmos males que o açúcar branco refinado.

As doses diárias para cada um desses produtos é medido por quilo, as quais:

  • Sucralose: De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), as doses diárias da Sucralose devem ser de 18 gotas por quilo (ou meio envelope por quilo);
  • Stevia: De acordo com a OMS, as doses diárias de Stevia devem ser de 5,5 mg, meio envelope ou 7 gotas por cada quilo da pessoa;

Sucralose ou Stevia: qual é melhor?

sucralose ou stevia
Sucralose ou Stevia

Bom, a grande maioria das pessoas nesse momento devem estar se perguntando: Entre Sucralose ou Stevia, qual escolher? Qual desses dois adoçantes é melhor para a saúde. Bom, é importante para o leitor saber que isso vai de pessoa para pessoa, tudo depende do que você julga importante.

Como já falado anteriormente, a Sucralose é artificial e o Stevia é natural, o que favorece muito este último. Além  disso, outro ponto que favorece o Stevia em detrimento da Sucralose é que este não possui nenhuma caloria, podendo ser perfeito para pessoas que desejam perder peso. No entanto, os níveis de calorias apresentadas pela Sucralose são bem baixos, quase que insignificantes para essas finalidades.

Partindo agora para dois pontos que favorecem a Sucralose em detrimento do Stevia podemos falar do sabor: enquanto a primeira possui um gosto bastante semelhante ao do açúcar convencional, o Stevia possui um sabor amargo, o qual pode ser bastante incômodo para algumas pessoas. Além disso, é comprovado cientificamente que a Sucralose não pode causar cáries nos dentes, enquanto a Stevia não.

Gostou desse artigo sobre dois dos adoçantes mais famosos em todo o mundo? Deixe nos comentários a sua experiência! Nós somos a NextFit, o maior portal online de suplementos do Brasil!

One Comment

Trackbacks and Pingbacks

  1. […] desses adoçantes é o Stevia, um dos mais conhecidos desse mercado. Abaixo, falaremos bastante sobre esse produto, suas […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *