taurina

Taurina – O que é ? Como tomar ? Onde comprar? Leave a comment

Os suplementos para complementação alimentar se aproveitam das mais diferenciadas substâncias e seus benefícios para buscar promover melhorias em seus resultados de treinamentos e atividades físicas, sempre aliadas a uma alimentação saudável e equilibrada.

Entre essas substâncias e nutrientes responsáveis por uma série de ações em nosso corpo buscando uma vida mais saudável, estão os aminoácidos. Mas para entender um pouco mais sobre o que são aminoácidos e a finalidade de alguns deles, como a taurina, precisamos explicar melhor o que são ácidos, em mais especiais os orgânicos.

Ácidos orgânicos são ácidos que resultam de uma atividade sintética de plantas e animais, porém com suas diferenças dos ácidos de decomposição – como o ácido úrico, por exemplo. Dessa forma, podemos considerar que ácido orgânico é todo aquele que é encontrado naturalmente em frutas e vegetais, sendo usados pelas plantas em seus processos de sintetização, como na formação de carboidratos e éteres.

Os ácidos orgânicos geralmente são ácidos fracos, que podem ser solúveis em água e em solventes orgânicos, mas podem também ser produzidos por meio da atividade metabólica de nós seres vivos.

Ao falar sobre a capacidade de produção por meio da atividade de nosso metabolismo, começamos a entrar em outra segmentação dos ácidos: os aminoácidos. Eles são moléculas orgânicas que servem como uma unidade fundamental na formação de proteínas. Em sua estrutura básica, contam com um carbono, que está ligado a hidrogênio, carboxilas, aminas e um radical – este que é o responsável por determinar as características de cada aminoácido, variando de um para o  outro e definindo suas peculiaridades.

Esses aminoácidos são separados em dois grupos distintos: os essenciais e os não essenciais. Os essenciais são aqueles aminoácidos que não são produzidos ou sintetizados em nosso organismo, fazendo com que seja necessária sua ingestão por meio de alimentos e suplementação. Já os não essenciais são aqueles que o nosso corpo tem a capacidade de sintetizar em nosso organismo e são necessários para o funcionamento do próprio, podendo assim serem sintetizados também a partir de determinados metabolitos.

Existem alguns aminoácidos não essenciais que são essenciais apenas em determinadas situação patológicas ou em organismos jovens ou em desenvolvimento. São normalmente fontes de divisão entre os cientistas, que não entravam em acordo sobre sua nomenclatura ideal, sendo assim chamados convencionalmente de “condicionalmente essenciais”.

Cada aminoácido tem sua característica e um papel diferente no organismo, mas é possível falar de um modo geral os seus benefícios para o corpo humano. Eles promovem a síntese proteica, estimulam o crescimento, melhoram o sistema imunológico, regulam os hormônios e ainda agem como substratos energéticos, proporcionando maior energia durante os treinos.

Falando em aminoácidos, chegamos a uma substância que virou fundamental em alguns produtos de suplementação: a taurina.

O que é taurina?

Taurina - formula quimica
Taurina – formula quimica

A taurina é um ácido orgânico considerado não essencial, pois é sintetizado naturalmente no fígado e no cérebro a partir de outros aminoácidos – metionina e cisteína. Ela é encontrada na bílis e é um dos aminoácidos não essenciais mais abundantes do organismo, sendo encontrado também em outros sistemas e órgãos de destaque em nosso corpo – coração, cérebro, intestino, ossos, músculos esqueléticos e sistema nervoso central são exemplos.

A metionina e a císteina fazendo a sintetização da taurina em conjunto com a vitamina B6, ajudando no metabolismo das proteínas. Também considerada um ácido sulfônico, a taurina tem grande importância na absorção dos lipídios pelo intestino delgado.

Esse aminoácido possui muitas formas de utilização, como é característica dessas substâncias, desempenhando funções fundamentais em nosso corpo, regulando o nível de água e sais minerais presentes no nosso sangue.

Para que serve a taurina?

O uso mais popular da taurina é como suplemento energético, principalmente por seu efeito desintoxicante. Ela atua de modo a facilitar a excreção pelo fígado das substâncias que já não são mais úteis para o organismo. Outra virtude da taurina é sua utilidade em agir como inibidora de neutrotransmissores, dessa forma servindo para prevenir e sedar estados cerebrais excitáveis, como as convulsões em epilépticos, por exemplo.

Uma de suas propriedades é atuar no sistema nervoso central de modo a melhorar a sinalização da leptina e da insulina, hormônios que desempenham papeis importantes na regulação da ingestão alimentar e na transformação da glicose em energia, respectivamente. Seus efeitos na insulina o tornam responsável por um melhor funcionamento do metabolismo da glicose e demais aminoácidos, auxiliando no anabolismo.

A taurina é também uma substância essencial para quem quer ganhar massa muscular. Ela ajuda o corpo a utilizar a gordura como fonte de energia, evitando que as proteínas sejam degradadas para garantir essa função, ajudando assim a evitar o catabolismo. Ainda durante o exercício físico, principalmente os de alta intensidade, a taurina ajuda o corpo a secretar, pelo fígado, substâncias tóxicas que são produzidas pela musculatura.

Como já dito anteriormente, a taurina é realmente conhecida pela sua presença em bebidas energéticas, além de também estar na composição de diversos termogênicos. Dessa forma, ela ajuda na perda de peso.

Quais os benefícios da taurina?

A taurina tem diversas funções fisiológicas, destacando-se entre os mais jovens. Trabalhando como uma espécie de osmólito, mantém o volume celular e o balanço de fluidos. Ajuda também na proteção de células contra a progressão de doenças graças a suas propriedades antioxidantes.

A taurina também ajuda a diminuir a pressão do sangue, regulando os valores de colesterol e prevenindo doenças cardiovasculares, como aterosclerose, ataques cardíacos e acidentes vasculares cerebrais. Deixa o coração mais forte ao proteger e reforçar células do próprio, além das contrações cardíacas.

Continuando, a Unicamp realizou uma pesquisa com fatos: acrescentou o aminoácido na água que era oferecida aos camundongos. Com o passar do tempo, os animais passaram a perder peso e adquiriram maior controle da glicemia. Isso sugere que a taurina pode ajudar também no controle e prevenção da diabetes.

Ficando estocada nas células alfa do pâncreas, a taurina tem como funcionalidade principal secretar o glucagon – outro hormônio do organismo. Esse hormônio é utilizado na mobilização de energia armazenada no fígado em forma de glicogênio durante longos períodos de jejum, com a finalidade de evitar a hipoglicemia.

Outro efeito importante da taurina é sua vasodilatação. Atua no sistema cardiovascular ajudando a locomoção de nutrientes essenciais para dentro e para fora das células do coração – potássio, magnésio e cálcio estão entre esses nutrientes. Dessa forma, a taurina ajuda na melhoria da saúde e do funcionamento do sistema cardíaco, podendo ser arma no tratamento da arritmia, insuficiência cardíaca e ataques cardíacos. Atua também na dilatação do sistema vascular, ajudando a melhorar o fluxo de oxigênio para os órgãos e músculos.

Como tomar taurina?

taurina - como tomar
taurina – como tomar

Com finalidades suplementares, você pode encontrar a taurina em pó, líquido e também em cápsulas. A dose recomendável da substância para quem busca reduzir o catabolismo proteico é de 500 miligramas, três vezes ao dia. Não há uma orientação específica se ela deve ser ingerida antes ou depois da atividade física. Lembrando que você também encontrará taurina em alguns alimentos, como aqueles ricos em proteínas – peixes, frutos do mar, aves, carne -, além de alguns de origem vegetal, como a beterraba, feijão e nozes.

Porém, a taurina não é recomendada para quem pratica exercícios físicos mais leves e com pouca frequência. Nesse caso, o indicado é controlar a ingestão dessa substância por meio da sua alimentação. Aminoácidos em altas doses podem ser extremamente prejudiciais para fígado e rins. Além disso, crianças, gestantes e idosos só devem consumir esse complemento caso liberados por seu médico.

Suplemento de taurina

taurina - suplementos a base de taurina
taurina – suplementos a base de taurina

Como dito, os suplementos baseados em taurina podem ser encontrados em pó, cápsulas e também para ingestão oral. Eles ajudam a diminuir as perdas de proteína e a maximizar o aproveitamento dessas proteínas ingeridas. Muitas vezes essa substância é usada em conjunto com a creatina, com a finalidade de potencializar o crescimento muscular durante os treinos e atividades físicas. Quando usada sob supervisão de um médico ou nutricionista especializado e na dosagem recomendada, a taurina é apenas benéfica para o organismo do ser humano.

A taurina nos energéticos

A taurina está presente em grande parte das bebidas energéticas, minimizando os efeitos do sistema nervoso simpático, que é diretamente afetado pelas altas doses de cafeína presente nos energéticos.

Onde comprar a taurina?

ornitina - nextfit

Você pode encontrar a taurina na nossa loja virtual, a NexFit. Nós somos especializados no segmento e possuímos os melhores profissionais que visam o atendimento e o bem-estar dos nossos clientes. Confira já as nossas promoções, e siga o nosso blog e as nossas redes sociais para mais informações. Ou entre em contato com o nosso suporte via Whatsapp, pelo telefone (31) 99357-1951.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *